Realização

Apoio




Desafio Brazilian Welcome Challenge


Desenvolver melhorias na jornada do visitante internacional nos aeroportos brasileiros



Confira o edital

O DESAFIO


O desafio "Brazilian Welcome Challenge" é um programa de seleção de startups com o objetivo de identificar soluções para desafios na experiência dos visitantes estrangeiros nos portões de entrada do Brasil, para posteriormente apresentá-las ao trade nacional.


O intuito é promover a indústria do turismo pela perspectiva da inovação, focando em soluções aplicáveis ao contexto de turismo internacional e com potencial para replicação em todos os aeroportos internacionais do país. Sendo assim, serão oferecidas oportunidades para startups com criações voltadas para o setor do turismo, ou adaptáveis a ele, para que seus projetos sejam apreciados e reconhecidos.


Busca-se, com o desafio, facilitar a disseminação de soluções que possam aprimorar ou resolver demandas do turismo e da hospitalidade.


O objetivo é, portanto, aperfeiçoar o preparo dos serviços prestados pela cadeia turística receptiva no atendimento dos aspectos mais importantes e relevantes para o visitante internacional, impactando de forma positiva a experiência do turista no Brasil.


EVENTO DE LANÇAMENTO


PROVOCAÇÕES

As startups selecionadas nesse consurso devem apresentar soluções que abordem provocações e obstáculos do segmento da hospitalidade nas portas de entrada do Brasil. Os modelos e práticas negociais propostas pelas Startups identificadas deverão ser capazes de abordar as necessidades da Embratur relacionadas ao termo de cooperação técnica assinado com a ABR, voltadas à austentabilidade e ações climáticas, experiência do passageiro estrangeiro, melhoria do produto aeroportuário para atendimento de público de congressos e eventos (MICE), diversidade e inclusão e Inovação no turismo , dentre outros -, adequadas para o público turista brasileiro e estrangeiro. Dessa forma, apresentamos abaixo as provocações que se pretende incidir, para solucionar as dores dos visitantes estrangeiros.

Como aprimorar a previsão de padrões de tráfego nos aeroportos de forma mais precisa e eficiente, visando otimizar as operações de embarque e desembarque?

Como podemos fornecer orientação personalizada e informações em tempo real aos passageiros, para facilitar a navegação e melhorar a experiência no aeroporto? Como aprimorar a navegação pelos aeroportos, especialmente em grandes terminais?

De que forma podemos melhorar a informação e a orientação dos passageiros na saída dos terminais aeroportuários, para facilitar sua transição para o próximo estágio da viagem?

Como implementar soluções de melhores práticas para automatizar processos com o intuito de otimizar o manuseio de bagagens, visando aprimorar a experiência do turista?

De que maneira podemos reduzir os tempos de espera para os turistas nos aeroportos, através da implementação de soluções eficientes e inovadoras?

Como oferecer assistência aos turistas estrangeiros portadores de deficiências, garantindo sua acessibilidade e conforto durante a viagem? Como possibilitar acesso aos turistas que possam ter alguma restrição física ou sensorial?

Como podemos promover o desenvolvimento de espaços multifuncionais nos aeroportos, transformando-os em centros de atividades que oferecem serviços, entretenimento, compras e lazer?

Como implementar soluções para os diversos tipos de turistas que se apresentam nos aeroportos em relação às demandas por áreas de recreação, espaços de coworking e opções gastronômicas variadas?

De que maneira podemos implementar soluções sustentáveis e eficientes em termos energéticos nos aeroportos, visando reduzir seu impacto ambiental? Quais práticas e tecnologias eco-friendly podem ser adotadas nos aeroportos para promover a sustentabilidade e a eficiência operacional?

Como podemos fornecer abrigos adequados e responsáveis para os pets nos aeroportos, garantindo seu bem-estar nos aeroportos e durante as viagens?

Como podemos integrar tecnologias avançadas para melhorar a eficiência operacional e a experiência do passageiro nos aeroportos, garantindo ao mesmo tempo acessibilidade, sustentabilidade e inovação contínua?

Como reduzir congestionamentos e gerenciar o fluxo de passageiros nos aeroportos, levando em consideração os diferentes perfis de turistas estrangeiros e suas demandas?

Como podemos utilizar tecnologias de monitoramento dos estrangeiros sem comprometer a segurança e privacidade dos turistas nos aeroportos?

Como implementar estratégias que envolvam turistas estrangeiros na identificação, enfrentamento e denúncia de forma segura e sigilosa de casos ou suspeitas de exploração sexual de crianças e adolescentes?

Como incentivar turistas estrangeiros a adotarem comportamentos de Turismo Responsável no Brasil?

Como estimular turistas a consumirem produtos locais e orientá-los a visitarem o destino de conexão durante conexões longas?

Como implantar, monitorar e viabilizar soluções que auxiliem na permanente limpeza de terminais, visando aprimorar a experiência do turista estrangeiro?

CRONOGRAMA


CONHEÇA AS 10 STARTUPS SELECIONADAS PARA O PITCH DAY

POR QUE PARTICIPAR


ecossistema acate

Possibilidade de interface com as concessionárias de aeroportos.

Inserção no ecossistema da ACATE, um dos mais inovadores do Brasil!

metodologia

Premiação em dinheiro, no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), para que os dois finalistas realizem a provas de conceito.

Premiação em dinheiro, no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), para que os dois finalistas realizem a provas de conceito.

geracao de negocios

Oportunidade de negócios.

Oportunidade de negócios.

networking

Reuniões com especialistas da Embratur.

Reuniões individuais com a Embratur.

geracao de negocios

Inserção no ecossistema da ACATE, um dos mais inovadores do Brasil!

Oportunidade de negócios.

O QUE AVALIAMOS


ecossistema acate

Modelo de negócio

Modelo de negócio

ecossistema acate

Aderência da proposta

Aderência da proposta

ecossistema acate

Escalabilidade

Escalabilidade

ecossistema acate

Relevância do projeto para a transformação digital do setor de turismo

Relevância do projeto para a transformação digital do setor de turismo

ecossistema acate

Equipe

Equipe

ecossistema acate

Impacto sócio/ambiental potencial

Impacto sócio/ambiental potencial

O EmbraturLAB é um espaço de experimentação de soluções inovadoras na promoção do Brasil, focado na experiência do turista estrangeiro no país. Por meio do uso de tecnologia,dados e em conexão com ESG (“Environmental, Social and Governance”), queremos melhorar a experiência e solucionar os problemas enfrentados pelos turistas que visitam nosso país. Identificamos os desafios do setor; buscar soluções e quem as execute; testar as soluções; validar; escalar.


O EmbraturLab faz parte da Embratur, que é uma organização dedicada a promover o país como um destino turístico de destaque no cenário internacional, a Embratur atua fortemente para aumentar o fluxo de turistas estrangeiros na região. Os esforços da Embratur são respaldados por seu compromisso com a inovação e a melhoria contínua da experiência do turista estrangeiro no Brasil. A organização reconhece a importância de oferecer experiências turísticas excepcionais que cativem e encantem visitantes de todo o mundo.


Neste desafio, a Embratur está em busca de soluções inovadoras que a ajudem a mapear e comunicar essas experiências de forma inteligente e contínua. O objetivo é criar um ambiente onde a tecnologia e a inovação estejam no centro dos esforços para melhor atender aos turistas estrangeiros.


A Embratur acredita que as startups brasileiras podem contribuir para elevar ainda mais o turismo no Brasil e proporcionar experiências memoráveis aos visitantes. Todos são convidados a se juntar a essa jornada em busca de uma experiência turística inovadora e excepcional.

O LinkLab é o programa de inovação aberta da ACATE, que apoia corporações e instituições públicas a inovarem por meio da conexão com o ecossistema catarinense de inovação e com as startups.


De um lado, médias e grandes empresas com diversos desafios que requerem inovação. Do outro, startups buscando conhecer com mais profundidade o mercado em que atuam, validando seu produto ou buscando grandes clientes para o seu portfólio. E, entre eles, há o LinkLab: um hub de conexões e oportunidades.


O programa já atendeu 66 instituições e, desde 2019, apoia instituições públicas em seus ciclos de inovação por meio de uma metodologia exclusiva. 


Já são mais de 450 desafios de inovação lançados no programa, que atinge uma base de mais de 9 mil startups.

O LinkLab é o programa de inovação aberta da ACATE, que apoia corporações e instituições públicas a inovarem por meio da conexão com o ecossistema catarinense de inovação e com as startups.


De um lado, médias e grandes empresas com diversos desafios que requerem inovação. Do outro, startups buscando conhecer com mais profundidade o mercado em que atuam, validando seu produto ou buscando grandes clientes para o seu portfólio. E, entre eles, há o LinkLab: um hub de conexões e oportunidades.


O programa já atendeu mais de 65 instituições e, desde 2019, apoia instituições públicas em seus ciclos de inovação por meio de uma metodologia exclusiva. 


Já são mais de 450 desafios de inovação lançados no programa, que atinge uma base de mais de 9 mil startups.